O presídio de Colatina dá o exemplo e muda a realidade dos detentos

A realidade das cadeias brasileiras, na maioria das vezes superlotadas e desestruturadas, causa a sensação de que a recuperação dos detentos é impossível.

Contrariando essa ideia por meio da educação e do trabalho, o presídio de Colatina, administrado por um sistema de cogestão, entre o Instituto Nacional de Administração Prisional (Inap) e o Estado, vem demonstrando que é possível criar um ambiente propício para que os presidiários consigam se reintegrar na sociedade.

VEJA TAMBÉM: Parceira Público-Privada: conceito e benefícios.

Na cadeia, os detentos têm acesso a aulas e emprego, e os funcionários recebem treinamento para tratarem os presidiários de forma digna. Os encarcerados que têm desempenho satisfatório podem ter sua pena diminuída e contam com apoio para se reintegrar à sociedade no momento da sua libertação.

A experiência já dá frutos, que são apresentados nesta reportagem exibida pelo ESTV, telejornal da TV Gazeta, afiliada à Rede Globo no estado do Espírito Santo. Assista ao vídeo e conheça de perto essa iniciativa de sucesso:

Comentários Facebook

2 Respostas para O presídio de Colatina dá o exemplo e muda a realidade dos detentos

  1. jader disse:

    Hoje o presidio de colatina ( PSMECOL) e uns dos presidio que serve de referencia para
    o estado do ESPIRITO SANTO hoje na atualidade ,

  2. guilherme disse:

    um lugar diferente nao parese cadeia,para mim e um sentro de recuperasao OBRIGADO por fazer minha estadia um pouco mais agradaveu QUE DEUS ABENCOI TODOS VOCES AMEM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Assine o Feed

Redes Sociais

Twitter Flickr

Últimos Tweets